Boston. Todo charme da Rainha das Maratonas

Boston-2014

Se fosse uma corrida de Formula 1 seria o GP de Monaco. Tem um apelo incrível e não há um só corredor que não a coloque como objetivo. Aos amadores o foco é na primeira participação e, depois ir superando seus limites cada vez mais. Para os profissionais do atletismo vencer ali é o máximo, talvez o degrau mais próximo de uma medalha olímpica tal a importância da prova.

Corredores são seres diferentes. Maratonistas então nem se fala. Para eles, segunda feira é um dia mais que especial e amanhã é o dia da Maratona de Boston. Ela é a segunda mais antiga perdendo para Athenas 1896 sendo apenas um ano mais nova. Uma senhora de muito respeito. O Bandsports transmite a prova ao vivo nesta segunda, a partir das 10h30.

Não é para principiantes. Mesmo os atletas amadores devem ter tempos significativos em suas categorias para terem aceitas as suas inscrições. É uma prova que separava diletantes de corredores. Curiosos é que mesmo com essas exigências e toda tradição, a IAAF Federação Internacional de Atletismo de tempos para cá não considera os resultados de Boston para efeito de recordes já que a prova tem uma pequena diferença topográfica entre largada e chegada da ordem de 150 metros. Por conta disso é considerada uma prova “em descida” e seus tempos não são homologados mesmo tendo sido ali, em 2011, disputada a maratona mais rápida da história com o tempo de 2horas, 03 minutos e 02 segundos. O autor do feito Geoffrey Mutai do Kenya com esse tempo foi quase um minuto mais rápido que o recorde de então.

Um dos grandes momentos do empoderamento feminino no esporte se deu na Maratona de Boston. Em 1967 Kathy Switzer foi a primeira mulher inscrita na prova e a completou. Durante o percurso Jock Semple um dos organizadores da prova tentou arrancar o numero de Kathy e foi afastado por outros corredores. Katy Switzer irá participar da prova este ano comemorando os 50 anos de seu feito histórico.

Também foi na Maratona de Boston que, em 2013, ocorreu um atentado a bomba. O evento que tem uma participação gigantesca de público da ordem de 500 mil pessoas um dos maiores, senão o maior do mundo tornou-se alvo de um ataque com vítimas de várias faixas etárias. Profundamente doloroso e lamentável.

A tragédia não afastou nem o público competidor, muito menos a entusiasmada assistência dessa fantástica prova que terei o privilégio de narrar mais uma vez.

Segunda é dia de Maratona de Boston no Bandsports! Vamos juntos, na paz, curtir este grande evento!

Deixe uma resposta